Arquivo do mês: maio 2009

Ah, este hino!

Esta foi a primeira música que eu ouvi quando criança ainda. Eu não O conhecia, eu nem sabia dELE, nunca alguém havia falado dELE para mim. Não havíamos ainda sido apresentados, apesar de que ELE já me conhecia.

Este hino retrata bem a minha relação com ELE. Diz tudo. Preste atenção em sua letra, medite nela.

 

Oh, Quão cego eu andei e perdido vaguei
Longe, longe do meu Salvador
Mas do céu desceu, e seu sangue verteu
Pra salvar um tão pobre pecador

Foi na cruz, foi na cruz
Onde um dia eu vi
Meus pecados castigados em Jesus
Foi ali, pela fé que meus olhos abri
E agora me alegro em sua luz

Eu ouvia falar dessa graça sem par
Que do céu trouxe nosso Jesus
Mas eu surdo me fiz, converter-me não quis
Ao Senhor, que por mim morreu na cruz

Mas um dia senti meus pecados e vi
Sobre mim o castigo da lei
Apressado fugi, em Jesus me escondi
E refúgio seguro nEle achei

Oh, que grande prazer inundou o meu ser
Conhecendo esse tão grande amor
Que levou meu Jesus ao sofrer lá na cruz
Pra salvar um tão pobre pecador

 

A despeito das várias versões que eu já ouvi, eu prefiro a clássica. Veja abaixo.

Anúncios

A estrela cadente

“Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, levanta uma lamentação contra o rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Tu és o sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados. Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem. Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam. Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; vens a ser objeto de espanto e jamais subsistirás.” Ezequiel 28:11-19

"eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu" Ez 37:12

"eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu" Ez 37:12

O mais belo dentre os milhares

"e eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século" Mt 28:20

"e eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século" Mt 28:20

Quando em batalhas, ELE é o anjo protetor. Diante dELE poderosos reis curvam-se e cambaleam aqueles que trazem medo. O forte chora na sua frente e o experiente perde-se em plena luz do dia.

Para ELE todo segredo está diante de si e o desejo mais secreto não lhe está oculto.

Vem a noite e tudo é escuro, homens andam às apalpadelas e gigantes titubeam diante da penumbra. Mas ELE se mantem de pé, sem vacilos.

Cai um muro, e logo depois toma-se a cidade, mas ELE nunca é pego de surpresa.

Das trevas ELE faz dia e da escuridão uma tocha fumegante.

ELE não teme o pavor da madrugada e a sua voz nunca treme diante do monstro da noite.

Num dia em que um turbilhão de oceanos vinham sobre ELE, a um comando seu o turbilhão foi afugentado. O turbilhão de oceanos tremeu diante da sua voz como se fosse uma criancinha de colo.

Da sua mão tira mistérios inauditos e o que é surpreendente vem pelos seus lábios. O impossível é a sua especialidade e o que nem veio à tona está presente nos seus pensamentos.

As estrelas ruborizam-se ao vê-lo e as constelações morrem de inveja dos seus olhos.

Brilha o Sol e incendeiam-se duzentos mil cometas, mas ELE lança o seu sopro e todos aqueles monstros de fogo perdem a sua bravura.

Há tesouros escondidos no Terceiro Céu. Lá há todo tipo de riquezas incontáveis, porém o mais rico de todos os homens com sua riqueza multiplicada por dez milhões não passa de um pequeno vassalo no seu reino.

Diante de si vai uma hoste que conhece bem a sua voz, e após si vem as miríades dos seus fihos, todos bem criados.

Ninguém conhece a sua história e em nenhum livro contam-se os anos da sua vida, mas sabe-se que com o seu manto ELE cobre o infinito.

A Eternidade veio dELE, foi criação sua, uma das primeiras. Logo depois ELE fez vir a luz a História.

Não demorou muito e levantou-se um invejoso. Mas este foi destronado para aquele ser tudo em todos.

Mas este invejoso não se cansa. Por mais que ele perca tanto mais ele tenta roubar-lhe o trono do seu reino.

Mas nem se cansa aquele que é o mais belo dentre os milhares. Nem dorme, nem morre ou se perde. ELE vigia o que é seu para que o invejoso não venha apossar-se do que não lhe pertença.

Entra ano e sai ano, passam-se mil séculos, mas os olhos dELE continuam fitos naqueles que lhe pertencem.

Morrem milhares e milhões deixam de nascer, mas ELE continua firme com a sua espada na mão.

Seu sustento vem de si mesmo e o que nos põe de pé está nELE.

Sua essência é toda de delícias e as mais finíssimas iguarias estão na sua mesa. Forra-se uma toalha e o Universo vem saborear a sua comida.

ELE dá, oferece e entrega sem falta ou mesuras, e nunca falta-lhe o pão.

Seu relógio marca todos os micro-milésimos de todas as Eras e todos os acontecimentos lhe estão presentes.

Numa ocasião em que Presente, Passado e Futuro tentaram-lhe enganar, ELE trouxe à baila todos os acontecimentos como se toda a História tivesse sido criada naquele momento.

Não vacila o mais belo dentre os milhares. Nem cochila.

Nas suas mãos estão as chaves do Além e no Abismo ELE guarda uma cópia.

Vida vem dELE e força também. Nunca morre o mais belo dentre os milhares, nem se cansa, nem se fatiga. Não se enfadonha nem se esmorece.

ELE toma as asas da Alvorada e vai longe, bem longe… Voa até o Início de Tudo e de lá traz notícias cheias de consolação e glória.

Assim é o meu amado, o mais belo dentre os milhares.

Sou teu, todo teu

"o boi conhece o seu possuidor, e o jumento , o dono da sua manjedoura; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende" Is 1:3
“o boi conhece o seu possuidor, e o jumento , o dono da sua manjedoura; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende” Is 1:3

O SALÁRIO DO PECADO ME CERCAVA, PLEITEANDO A MINHA ALMA. PERDIDO EU ESTAVA, SEM RUMO COMO UMA FOLHA NO TEMPORAL.
MAS ELE ME LIBERTOU DO INIMIGO QUE ME ASSEDIAVA.
ELE ME DEU ASAS QUANDO EU NEM ANDAR PODIA E ME FEZ IR LONGE.
A MORTE FOI EMBORA, E TUDO TORNOU-SE DIA.

EU ESTAVA PRESTES A MORRER, MAS ELE, PELA SUA INCOMENSURÁVEL MISERICÓRDIA E DESMEDIDO AMOR, COMPADECEU-SE DE MIM.
A NOITE FOI EMBORA AO SOM DO TROVEJAR DA SUA VOZ E O INIMIGO QUE ME CERCAVA DE NOITE E DE DIA AFUGENTOU-SE E BATEU EM RETIRADA, PORQUE ELE É MAIS FORTE DO QUE A PRÓPRIA MORTE.
SEU PODER SALVA O PERDIDO E TIRA FORÇA DE ONDE SÓ RESTAVA CACOS.
EU ERA UMA FOLHA MURCHA, DESIDRATADA DA FIGUEIRA. MAS ELE FOI O MEU ALIMENTO, A MINHA ÁGUA, O MEU SUSTENTO VEIO DELE.

AINDA QUE UM VALENTE DISSESSE QUE EU SUCUMBIRIA, UM MAIS VALENTE SUSSURRAVA QUE EU SAIRIA DE CABEÇA ERGUIDA. AQUELE ME DERRUBAVA MAS ESTE ME LEVANTOU.
ELE TOMOU O MEU FARDO E TIROU O PESO QUE ME ENVERGAVA.
VINHA UMA FOICE EM MINHA DIREÇÃO, MAS ELA DESVIOU QUANDO SE DEPAROU COM ELE.
AINDA COMBALIDO ME ERGUI AO SOM DA SUA VOZ.

ELE ME AMOU TANTO QUE ME LAVOU.
NÃO SE IMPORTOU EM TOCAR NAS MINHA CHAGAS, NEM SE ENOJOU EM SENTIR O CHEIRO DA MINHA PODRIDÃO E TÃO POUCO ELE SE PREOCUPOU EM DERRAMAR SOBRE MIM O SEU PERFUME.
E EU ME DERRAMEI NAS SUAS DELÍCIAS.
EXPERIMENTEI DOS SEUS MANJARES E ME FARTEI NA SUA MESA.

PORQUE ELE NÃO ME SATISFAZ POR MEDIDA, NEM ME OFERECE O POUCO.
ELE SE DÁ POR INTEIRO, SEM MEDIDAS.
HOJE EU SOU DELE, SOU TODO DELE E ELE É MEU.
EU NEM BEM ABRO A BOCA E ELE VEM AO MEU ENCONTRO.

NEM CHORO E JÁ ME CONSOLA.
LEVANTO UM DEDO E ELE JÁ ME ACHA.
ABRO MEUS OLHOS E JÁ ME ACODE.
AH, SENHOR MEU, EU SOU TEU.

MESMO SEM SABER EU JÁ ERA TEU…
EU NEM SABIA, NÃO TINHA A MENOR IDÉIA, MAS EU JÁ ERA TODO TEU.
E TU ME DÁS ESTA HONRA, A HONRA DE SER TEU.
TU, SENHOR, ÉS O MEU SALVADOR, O MEU LIBERTADOR, O MEU REDENTOR, MEU BALUARTE, MINHA ROCHA, A MINHA FORÇA E O MEU ESTANDARTE.
ÉS O MEU PAVILHÃO E O MEU ESCUDO, MINHA BANDEIRA, O MEU PAVÊS, A MINHA PROTEÇÃO.

AH, SENHOR, TU, SENHOR ÉS DEUS DE VERDADE, E QUEM SOU EU?
SOU PÓ, POEIRA. SOU PEQUENO, O MENOR, O ÚLTIMO, O MENOS DIGNO, AQUELE QUE SOME NA MULTIDÃO…
MAS AINDA QUE A MULTIDÃO ME ENCUBRA, AINDA ASSIM O MEU SENHOR ME ACHARÁ, PORQUE O SENHOR É O MEU GUIA.
AS PALAVRAS NÃO BASTAM PARA TE LOUVAR, ELAS SÃO TÃO POUCAS E TÃO AQUÉM DE TUDO O QUE TU ÉS, QUE EU ME RENDO.

EU ME RENDO A TI, MEU SENHOR AMADO, ME RENDO DE TODA A MINHA FORÇA, DE TODA A MINHA ALMA, DE TODO O MEU INTELECTO.
SOU TEU, TODO TEU. TE AMO, NÃO PORQUE TU FAZES, MAS TE AMO PORQUE TU ÉS.
SOU ASSIM, TEU DESPREZÍVEL SERVO.
NÃO MEREÇO, MAS TE AMO ASSIM, SENDO TEU SERVO.
OBECER A TI É REGRA, É A LEI.
E ESTA LEI ME LIBERTA, ME LIVRA E ME SALVA. SOU TEU, TODO TEU…

Um meio ou uma desculpa

"vai ter com a formiga, ó preguiçoso!" Pv 6:6

"vai ter com a formiga, ó preguiçoso!" Pv 6:6

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá de se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.

Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.

O sucesso é construido à noite. Durante o dia você faz o que todos fazem.

Mas para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial, se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.

Não se compare a maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso.

Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chopp em batatas fritas.

Terá de planejar, enquanto os outros permanecem em frente da televisão.

Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.

O mundo não está nem aí se você está cansado ou triste, ele não pára.

E quem vive lamentando ou reclamando da vida nunca vai conseguir chegar a lugal algum.

A realização de um sonho depende da dedicação.

Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está.

Em verdade a ilusão é o combustível dos perdedores, pois quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO, quem não quer fazer nada, encontra uma DESCULPA.

Portanto não tenha inveja do que eu tenho nem do que sou, faça como eu faço, encontre MEIOS para o seu sucesso, não use a minha vida como uma DESCULPA para os seus fracassos.

Roberto Shinyashiki

O sacrifício

 

"com estes trezentos homens que lamberam a água eu vos livrarei" Jz 7:7

"com estes trezentos homens que lamberam a água eu vos livrarei" Jz 7:7

Para onde me levará o meu SENHOR?

O meu SENHOR me levará para o sacrifício,

pois o sacrifício é a certeza da vitória iminente 

Gideão e a escolha dos 300

Vive o meu Redentor

"o SENHOR teu Deus te dará abundância em toda a obra das tuas mãos" Dt 30:9

"o SENHOR teu Deus te dará abundância em toda a obra das tuas mãos" Dt 30:9

Eu sei que vive o meu Redentor.
ELE é a força que eu recebo todas as manhãs quando me levanto, e ainda tarde da noite é ELE quem me dá a certeza de um amanhã melhor. Ainda de madruga ELE é o meu alento quando algo me pertuba.

Nas noites de inverno ou em plena primavera ELE tem sido o meu Amado. É nELE que se deleita a minha alma.

Eu tenho um amado. É o Amado da minha alma. Por ELE suspira o meu coração e o meu intelecto se alimenta dos seus pensamentos.

O meu Amado é lindo. ELE não é como os seres humanos. NELE não há falhas, erros e nem sombra de imperfeição.

O meu Amado é a exata perfeição do SENHOR de todos os séculos.

Seu poder é absoluto tanto acima nos céus quanto cá embaixo na terra.

A História veio a existência por intermédio dELE e é para ELE que ela subsiste até hoje.

Reis nascem e morrem, reinos se levantam e caem, mas vive o meu Redentor.

Cai um pedaço do céu e torna-se em trevas um terço da terra. Vem do norte a destruição e uma praga sacode metade da humanidade. Ateia-se fogo nas árvores mais copadas. Surge uma doença que mata dezenas de milhares. Mas nada abala o meu Redendor amado.

ELE endireita minha bússola e aponta o meu norte.

Quando o mar está prestes a me engolir ELE me socorre, porque forte é o meu Redendor amado. Mais forte que a própria morte.

Andarei sobre a terra e dominarei leões, não temerei os chacais nem fugirei dos abutres. Tenho o meu Redentor como capa. Feito cerca ELE me protege e como a mãe que embala o seu filho assim o meu Redentor amado me sustém.

A morte assolou a cidade à minha esquerda e destruiu a nação à minha direita, mas eu permaneci de pé, entre os escombros de ambos. Sou do meu Redentor e nem mesmo dez tufões me abalariam.

Ainda que se levante um tirano para aviltar a minha alma e um assassino para derramar o meu sangue, ambos terão de encarar o meu Redentor amado.

Ah, como eu amo o meu Redentor! ELE é meu e eu sou todo dELE. Nenhuma parte minha está sem dono, tudo é dELE.

Temam todos os bravos da terra e todas as hostes do inferno. Dêem graças todas as legiões celestiais, pois sacode o Universo o meu Redentor.

Reina com cetro de aço o meu Amado. Do alto da sua morada, lugar da sua habitação monta ELE num querubim, o guarda dos seus tesouros, só para me encontrar.

Vive o meu Redendor, o meu Amado. E todos o temem porque ELE é fiel até a morte. ELE vence a morte pela sua fidelidade e tira as chaves da Morte e do Além pelo poder do seu Nome.

Quando um forte levantou o braço contra mim, o meu Redentor Amado ergueu a sua espada flamejante e se pôs em meu favor. Socorreu-me pela sua fidelidade.

Não há outro como o meu Redentor. Justo, fiel e poderoso. Todos os outros somem diante dELE e como palha se dissipam no seu fogo.

Levantou-se o SENHOR dos Exércitos

"porque o SENHOR teu Deus é fogo que consome" Dt 4:24

"porque o SENHOR teu Deus é fogo que consome" Dt 4:24

LEVANTOU-SE O SENHOR DOS EXÉRCITOS
BEM MAIS ALTO DO QUE O MONTE CELESTIAL
DESEMBANHOU ELE A SUA ESPADA
PARA DESTRUIR O MEU MAIS PODEROSO INIMIGO
MONTOU ELE NUM QUERUBM E VOOU
APRESENTOU-SE PARA O MEU SOCORRO
E DIANTE DOS REIS DA TERRA
ESTABELECEU O MEU DOMÍNIO

VOOU O SENHOR DOS EXÉRCITOS
MAIS VELOZ DO QUE A LUZ DE MIL SÓIS
MONTOU GUARDA NUMA FORTIFICADA GUARITA
ERGUEU MUROS E LEVANTOU ARÍETES
SORVEU O VENTO NA FORÇA DAS SUAS NARINAS
E DEVOLVEU-O SOBRE UMA HORDA INFERNAL
ATÉ NÃO SOBRAR UM SÓ DEMÔNIO DE PÉ
FORAM TODOS RECHAÇADOS

DEVOROU O SENHOR DOS EXÉRCITOS
UMA SÚCIA QUE SE ACAMPAVA CONTRA MIM
BEM DE FRONTE DA MINHA PORTA
RODEANDO A MINHA FAMÍLIA
ABRIU ELE SUA BOCA DESCOMUNAL
E PELA SUA VOZ ESTEMECEU O CHÃO
A UMA FORAM ENGOLIDOS
POR UMA FENDA DEBAIXO DOS SEUS PÉS

ARRUINOU O SENHOR DOS EXÉRCITOS
OS PLANOS DOS MALFEITORES
QUE DESEJAVAM TRAGAR OS MEUS SONHOS
ROUBAVAM ELES OS MEUS DESEJOS
E O MEU SENHOR OS ENLAÇOU
NUM FORTE E INQUEBRÁVEL LAÇO DE FOGO
E OS PRECIPITOU NA ESCURIDÃO
PARA NEM PLANOS JAMAIS PENSAREM

APRUMOU O SENHOR DOS EXÉRCITOS
O TERRENO DESNIVELADO
ABRIU PORTAS ONDE NEM JANELAS HAVIA
E ESCANCAROU AS PAREDES DO INSUCESSO
GOLPEOU AS MÁS LÍNGUAS
CHEIAS DE PALAVRAS DE DERROTA
DE SUPETÃO TROUXE ELE À TONA
A LUZ DA VERDADE

VIVE O SENHOR DOS EXÉRCITOS
DE LONGA DATA
DE IDOS TEMPOS
E INCONTÁVEIS ANOS
NUM PASSADO DISTANTE
ARMOU-SE O SENHOR DOS EXÉRCITOS
E PREPARE-SE FEITO GUERREIRO
TODA VEZ QUE ALGUÉM O CLAME

Agora não tem mais desculpas

Veja também o post A marcha dos desqualificados

SARAH era estéril

JACÓ foi trapaceiro

LÉIA era feia

JOSÉ foi um sonhador

MOISÉS tinha um problema de gagueira

RAABE era uma prostituta

DAVI foi um assassino

SALOMÃO foi mulherengo

ISAÍAS tinha lábios impuros

JEREMIAS era muito jovem

ELIAS teve medo

JONAS fugiu de Deus

NOEMI era uma viúva

PEDRO era emotivo e negou a Cristo

MARIA MADALENA foi adúltera

MARTA preocupava-se demais com as coisas

TOMÉ duvidava de tudo

ZAQUEU era usurpador

PAULO era religioso demais

TIMÓTEO tinha uma úlcera

LÁZARO estava morto!

AGORA NÃO TEM MAIS DESCULPAS
DEUS USOU TODOS ESTES
COM SEUS DEFEITOS
E AGORA CONTA CONTIGO
MESMO SABENDO QUE VOCÊ
TAMBÉM TEM DEFEITOS

DEUS QUER USAR VOCÊ

POIS SABE DO SEU POTENCIAL