Galeria

Deuteronômio – o livro da obediência

"Tens tu ciumes por mim? Tomara todo o povo do SENHOR fosse profeta, que o SENHOR lhes desse o seu Espírito!" Nm 10:29

"Tens tu ciumes por mim? Tomara todo o povo do SENHOR fosse profeta, que o SENHOR lhes desse o seu Espírito!" Nm 10:29

Não existe um livro que eu mais leia do que o quinto livro do grande legislador Moisés: Deuteronômio. Eu costumo chamá-lo de o livro da obediência.
Abaixo você pode encontrar um esboço sobre este intrigante livro, e um pouco mais abaixo você pode deleitar-se com alguns versículos retirados de lá.


Deuteronômio

Data

Moisés e os israelitas iniciaram o Êxodo do Egito por volta de
1440 aC. Chegaram à planícies de Moabe, onde Deuteronômio provavelmente
tenha sido escrito, em cerca de 1400 aC, na ocasião do discurso do conteúdo
do livro ao povo, “no mês undécimo, no primeiro dia do mês”, no ano
quadragésimo de sua peregrinação pelo deserto (1.3). Isso foi um pouco antes
da morte de Moisés e do início da liderança de Josué em guiar os israelitas
a Canaã. Portanto, Dt cobre um período inferior a dois meses, incluindo os
trinta dias de lamento pela morte de Moisés

Autor

Deuteronômio identifica o conteúdo do livro com Moisés: “Estas
são as palavras que Moisés falou a todo o Israel” (1.1). “Moisés escreveu
esta Lei, e a deu aos sacerdotes” (31.9) também pode ser indício de que
tenha escrito todo o livro. O nome de Moisés aparece quase quarenta vezes, e
o livro reflete claramente a personalidade de Moisés. O uso corrente da
primeira pessoa do singular em todo o livro apóia ainda mais a autoria
mosaica.

Tanto a tradição judaica quanto a samaritana são unânimes em identificar
Moisés como o autor. Assim como Cristo, Pedro e Estevão também reconhecem
Moisés como o autor do livro (mt 19.7,9; Mc 10.3,4; At 3.22; 7.37)

O último capítulo, que contém o relato da morte de Moisés, foi escrito,
provavelmente, por seu amigo íntimo, Josué.

Contexto Histórico

Moisés tinha então 120 anos, e a Terra Prometida estava a sua
frente. Ele tirou os israelitas da escravidão no Egito e os guiou pelo
deserto para receber a lei de Deus no monte Sinai. Por causa da
desobediência de Israel em se recusar a entrar na terra de Canaã, a Terra
Prometida, os israelitas perambularam sem destino no deserto por trinta e
oito anos. Agora se achavam acampados na fronteira oriental de Canaã, no
vale defronte de Bete-Peor, na região montanhosa do Moabe, de vista para
Jericó e a planície do Jordão. Quando os israelitas se preparavam para
entrar na Terra Prometida, depararam-se com um momento crucial em sua
história – novos inimigos, novas tentações e nova liderança. Moisés reuniu o
grupo para lembrá-los da fidelidade do Senhor e para encorajá-los a serem
fiéis e obedientes ao seu Deus quando possuíssem a Terra Prometida.

Conteúdo

Dt é uma série de recomendações de Moisés aos israelitas enquanto
ele se prepara para morrer e eles se aprontam para entrar na Terra
Prometida. Embora Deus o tivesse proibido de entrar em Canaã, Moisés
experimenta um forte sentimento de antecipação pelo povo. O que Deus havia
prometido a Abraão, Isaque e Jacó séculos antes está prestes a se tornar
realidade. Dt é proclamação de uma segunda chance para Israel. A falta de fé
e a infidelidade de Israel tinham impedido a conquista de Canaã
anteriormente. A maioria do povo junto de Moisés à entrada da Terra
Prometida não tinha testemunhado as cenas no Sinai; eles eram nascido e
criados no deserto. Sendo assim, Moisés os exorta trinta e cinco vezes para
“entrar e possuir” a terra. Ele os recorda trinta e quatro vezes de que essa
é a terra que Deus lhes está dando.

Enquanto essa nova geração de israelitas se prepara para entrar na Terra
Prometida, Moisés lhes recorda com vivacidade a fidelidade de Deus por toda
a história e os relembra de seu relacionamento singular de concerto com o
Senhor. Moisés percebe que a maior tentação dos israelitas na nova terra
será abandonar a Deus e cair na idolatria dos ídolos cananeus. Por
conseguinte, Moisés está preocupado com a perpetuação do concerto. Para
preparar a nação para vida na nova terra, Moisés expõe os mandamentos e os
estatutos que Deus deu em seu concerto. A Obediência a Deus equivale a vida,
bênção, saúde e prosperidade. A desobediência equivale a morte, maldição,
doença e pobreza. O concerto mostrou aos filhos de Deus o caminho para viver
em comunhão com ele e uns com os outros. A mensagem de Dt é tão poderosa que
é citada mais de oitenta vezes no NT.

Cristo Revelado

Moisés foi o primeiro a profetiza a vinda do Messias, um Profeta
como o próprio Moisés (18.15). Notadamente, Moisés é a única pessoa com quem
Jesus se comparou: “Porque, se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim,
porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como
crereis nas minhas palavras?” (jo 5.46,47). Jesus costumava citar Dt. Quando
lhe perguntavam o nome do mandamento mais importante, ele respondia com Dt
6.5. Quando confrontado por satanás em sua tentação, ele citava
exclusivamente Dt (8.3; 6.16; 6.13; 10.20). É muito significativo o fato de
Cristo, que era perfeitamente obediente ao Pai, mesmo até a morte, ter usado
este livro sobre a obediência para demonstrar a sua submissão à vontade do
Pai.

O Espírito Santo em Ação

O tema unificador em toda a Bíblia é a atividade redentora de
Deus. Dt recorda ao povo que o Espírito de Deus havia estado com eles desde
o tempo da sua libertação do Egito até o momento presente e que ele
continuaria a guiá-los e protegê-los se permanecessem obedientes às
condições do concerto.

Em 2Pe 1.21 se descreve Moisés claramente: “homens santos de Deus falaram
inspirados pelo Espírito Santo”. Como porta voz de Deus, Moisés demonstrou a
presença do E. Santo enquanto profetizava para o povo. Várias de suas
profecias mais significantes incluíam a vinda do Messias (18.15), a
dispersão de Israel (30.1), o arrependimento (30.2) e a restauração (30.5)
de Israel, a restauração e a conversão nacional e futura de Israel (30.5,6)
e a prosperidade nacional de Israel (30.9)

Esboço de Deuteronômio

I. O primeiro discurso de Moisés 1.1-4.43

Introdução 1.1-5

O passado recordado 1.6-3.29

Um chamado à obediência 4.1-40

Cidades de refúgio nomeadas 4.41-43

II. O segundo discurso de Moisés 4.44-26.19

Exposição dos Dez Mandamentos 4.44– 11.32

Exposição das leis cerimoniais 12.1-16.17

Exposição da lei civil 16.18-18.22

Exposição das leis criminais 19.1-21.9

Exposição das leis sociais 21.10– 26.19

III. O terceiro discurso de Moisés 27.1– 30.20

Cerimônia de retificação 27.1-26

Sanções do concerto 28.1-68

O juramento do concerto 29.1-30.20

IV. As palavras finais e a morte de Moisés 31.1– 34.12

Perpetuação do concerto 31.1-29

O cântico do testemunho 31.30-32.47

A bênção de Moisés sobre Israel 32.48—33.29

A Morte e a sucessão de Moisés 34.1-12


Dt 4:7 Pois que grande nação há que tenha deuses tão chegados a si como o SENHOR, nosso Deus, todas as vezes que o invocamos?

Dt 4:19 Guarda-te não levantes os olhos para os céus e, vendo o sol, a lua e as estrelas, a saber, todo o exército dos céus, sejas seduzido a inclinar-te perante eles e dês culto àqueles, coisas que o SENHOR, teu Deus, repartiu a todos os povos debaixo de todos os céus

Dt 4:20 Mas o SENHOR vos tomou e vos tirou da fornalha de ferro do Egito, para que sejais povo de herança, como hoje se vê

Dt 4:24 Porque o SENHOR, teu Deus, é fogo que consome, é Deus zeloso

Dt 4:30 Então, o SENHOR, teu Deus, não te desamparará, porquanto é Deus misericordioso, nem te destruirá, nem se esquecerá da aliança que jurou a teus pais

Dt 4:35 A ti te foi mostrado para que soubesses que o SENHOR é Deus, nenhum outro há, senão ele

Dt 4:39 Por isso, hoje, saberás e refletirás no teu coração que só o SENHOR é Deus em cima no céu e embaixo na terra; nenhum outro há

Dt 4:40 Guarda, pois, os seus estatutos e os seus mandamentos que te ordeno hoje, para que te vá bem a ti e a teus filhos

Dt 5:29 Quem dera que eles tivessem tal coração, que me temessem e guardassem em todo o tempo todos os meus mandamentos, para que bem lhes fosse a eles e a seus filhos, para sempre!

Dt 6:5 Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força

Dt 7:6 Porque tu és povo santo ao SENHOR, teu Deus; o SENHOR, teu Deus, te escolheu, para que lhe fosses o seu povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra

Dt 7:9 Saberás, pois, que o SENHOR, teu Deus, é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e cumprem os seus mandamentos

Dt 7:13 Ele te amará, e te abençoará, e te fará multiplicar; também abençoará os teus filhos, e o fruto da tua terra,e o teu cereal, e o teu vinho, e o teu azeite, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas

Dt 7:14 Bendito serás mais do que todos os povos da terra; não haverá entre ti nem homem nem mulher estéril, nem entre os teus animais

Dt 7:15 O SENHOR afastará de ti toda enfermidade

Dt 8:3 Não só de pão viverá o homem, mas de tudo o que procedde da boca do SENHOR viverá o homem

Dt 10:14 Eis que os céus e os céus dos céus são do SENHOR, teu Deus, a terra e tudo o que nela há

Dt 11:8 Guardai, pois, todos os mandamentos que hoje vos ordeno, para que sejais fortes

Dt 28:1 Se atentamente ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, tendo cuidado de guardar os seus mandamentos que hoje te ordeno, o SENHOR, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra

Dt 28:3 Bendito serás tu na cidade e bendito serás tu no campo

Dt 32:4 Eis a Rocha! Suas obras são perfeitas, porque todos os seus caminhos são juízo; Deus é fidelidade, e não há nele injustiça, é justo e reto

Dt 32:9 Porque a porção do SENHOR é o seu povo

Dt 32:10 Achou-o numa terra deserta e num ermo solitário povoado de uivos; rodeou-o e cuidou dele, guardou-o como a menina dos olhos

Dt 32:11 Como a águia desperta a sua ninhada e voeja sobre os seus filhotes, estende as asas e, tomando-os, os leva sobre elas

Dt 32:12 Assim só o SENHOR o guiou

Dt 32:13 Ele o fez cavalgar sobre os altos da terra, comer as messes do campo, chupar mel da rocha e azeite da dura pederneira

Dt 32:14 Coalhada das vacas e leite de ovelhas, com a gordura dos cordeiros, dos carneiros que pastam em Basã e dos bodes, com o mais ecolhido trigo; e bebeste o sangue das uvas, o mosto

Dt 32:30 Como poderia um só perseguir mil, e dois fazerem fugir dez mil, se a sua Rocha lhos não vendera, e o SENHOR lhos não entregara?

Dt 32:35 A mim me pertence a vingança, a retribuição, a seu tempo

Dt 032:39 Vede, agora, que EU SOU, EU somente, e mais nenhum deus além de mim; eu mato e eu faço viver; eu firo e eu saro; e não há quem possa livrar alguém da minha mão

Dt 032:47 Porque esta palavra não é para vós outros coisa vã; antes é a vossa vida

Dt 033:12 O amado do SENHOR habitará seguro com ele; todo o dia o SENHOR o protegerá, e ele descansará nos seus braços


O DEUS MAJESTOSO, ETERNO, PROTETOR E PROVIDENCIAL
Deuteronômio 33
26 Não há outro, ó amado, semelhante a Deus, que cavalga sobre os céus para a tua ajuda e com a sua alteza sobre as nuvens.
27 O Deus eterno é a tua habitação e, por baixo de ti, estende os braços eternos; ele expulsou o inimigo de diante de ti e disse: Destrói-o.
28 Israel, pois, habitará seguro, a fonte de Jacó habitará a sós numa terra de ceral e de vinho; e os seus céus destilarão orvalho.
29 Feliz és tu, ó Israel! Quem é como tu? Povo salvo pelo SENHOR, escudo que te socorre, espada que te dá alteza. Assim os teus inimigos te serão sujeitos,e tu pisarás os seus altos

O AMOR A DEUS
Deuteronômio 6
4 Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR
5 Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força
6 Estas palavras, que, hoje, te ordeno estarão no teu coração;
7 tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te
8 Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por sinal frontal entre os olhos
9 E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas

A VIDA OU A MORTE
Deuteronômio 30
15 Vê que proponho, hoje, a vida e o bem, a morte e o mal;
16 se guardares o mandamento que hoje te ordeno, que ames o SENHOR, teu Deus, andes nos seus caminhos, e guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, então, viverás e te multiplicarás, e o SENHOR, teu Deus, te abençoará na terra a qual passas para possuí-la
17 Porém, se o teu coração se desviar, e não quiseres dar ouvidos, e fores seduzido, e te inclinares a outros deuses, e os servires,
18 então, hoje, te declaro que, certamente, perecerás; não permanecerás longo tempo na terra à qual vais, passando o Jordão para a possuires
19 Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,
20 amando o SENHOR, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e apegando-te a ele, pois disto depende a tua vida e a tua longevidade

DEUS ENSINA
Deuteronômio 4
5 Eis que vos tenho ensinado estatutos e juízos, como me mandou o SENHOR, meu Deus, para que assim façais no meio da terra que passais a possuir
6 Guardai-vos, pois, e cumpri-os, porque isto será a vossa sabedoria e o vosso entendimento perante os olhos dos povos que, ouvindo todos estes estatutos, dirão: Certamente, este grande povo é gente sábia e inteligente.
7 Pois que grande nação há que tenha deuses tão chegados a si como o SENHOR, nosso Deus, todas as vezes que o invocamos?
8 E que grande nação há que tenha estatutos e juízos tão justos como toda esta lei que eu hoje vos proponho?

A PRESENÇA DE DEUS
Deuteronômio 4
11 Então chegastes e vos pusestes ao pé do monte; e o monte ardia em fogo até o meio dos céus, e havia trevas, e nuvens, e escuridão
12 Então, o SENHOR vos falou do meio do fogo; a voz das palavras ouvistes; porém, além da voz, não vistes aparência nenhuma

O LIVRAMENTO
Deuteronômio 4
30 Quando estiveres em angústia, e todas estas coisas te sobrevierem nos últimos dias, e te voltares para o SENHOR, teu Deus, e lhe atenderes a voz,
31 então, o SENHOR, teu Deus, não te desamparará, porquanto é Deus misericordioso, nem te destruirá, nem se esquecerá da aliança que jurou a teus pais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s