Galeria

Os 10 piores governantes do mundo

Ao longo da história da humanidade houve alguns governantes que usaram o medo e o terror para ganhar o controle de seu povo, infelizmente essas pessoas usaram da inteligência que possuíam para ganhar o poder trazendo a tristeza, desgraça e muita das vezes a morte para muitas pessoas. A lista abaixo relaciona 10 governantes que usaram e abusaram de tal poder.

10- Átila o Huno

ÁTILA (406- 453)também conhecido como a Praga de Deus foi o último e mais poderoso rei dos hunos, um povo nômade de origem mongólica. Governou o maior império europeu de seu tempo desde 434 até sua morte. Suas possessões se estendiam da Europa Central até o Mar Negro e desde o Danúbio até o Báltico. Com a morte do tio Roas (433)assumiu o trono com seu irmão, Bleda. No ano seguinte, atacaram Constantinopla e assinaram um tratado com o imperador Teodósio II que lhes rendia 330 Kg de ouro. Sete anos após o tratado (441), atacou novamente a parte oriental do Império Romano devastando várias cidades (441-443) e ganhou um novo tributo. Após assassinar seu irmão (445), tornou-se o único rei dos hunos e iniciou uma nova campanha contra o império romano (447-449), devastando grande parte da região balcânica e recebendo um novo tributo pago por Constantinopla. Reivindicou a mão da irmã do imperador Valentiano III, Honória, como sua esposa (450) e exigiu como dote a metade da região ocidental. Morreu na Hungria quando se preparava para atacar novamente a região oriental do Império.

9- Ivã, o terrível

Ivan IV (1530-1584) grão-duque de Moscou desde os três anos de idade, foi o primeiro governante a utilizar o título de czar de todas as Rússias. Na tradição russa é conhecido como o Terrível. Ivã estendeu o seu domínio para o oriente, anexando em 1552 o Canato de Kazan e em 1556 o Canato de Astrakhan, para absorver a Sibéria. A sua capacidade para uma boa governação ficou manchada pela excessiva crueldade. A sua polícia secreta, os Oprichniks, torturou e assassinou todos os suspeitos de traição, como o povo de Novgorod, acusado de rebelião. Em 1581, num acesso de fúria matou seu filho mais velho e herdeiro, golpeando na cabeça com seu bastão pontiagudo, morreu em 1584 enquanto jogava xadrez, um exame posterior dos seus restos mostrou que ele foi envenenado com mercúrio.

8- Benito Mussolini

Mussolini (1883- 1945 ) conhecido por muitos como Duce (o líder) Começou a carreira política em 1900 quando se tornou membro do Partido Socialista. Depois de servir na Primeira Guerra Mundial, formou o Partido Nacional Fascista em 1919 que defendia o nacionalismo agressivo e restauração forçada da ordem. Ele foi eleito para o Parlamento em 1921 e no ano seguinte ele enviou fascistas para marchar sobre Roma, foi concedida a Mussolini a liderança conjunta com o rei Vitor Emmanuel III.

Transformou a Itália em uma ditadura, assumindo o controle total de todas as esferas da vida política, social, econômico e cultural e executou sua oposição com a ajuda da polícia secreta e as milícias partido fascista. Apesar de sua desconfiança em Hitler, ele se alinhou com a Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, foi demitido pelo rei em 1943 e foi preso até que foi resgatado por tropas alemãs. Enquanto tentava fugir para a Suíça, em 1945 ele foi capturado por tropas italianas partidárias a tiro. Seu corpo (e os corpos de outros fascistas) foram despejados no chão da Piazza Loreto, em Milão, onde foi baleado, chutado e cuspido antes de ser penduradas em ganchos de açougue em um posto de gasolina e apedrejado por civis.

7- Idi Amin

Idi Amin Dada foi um militar e ditador de Uganda de 1971 a 1979.Sua ditadura foi caracterizada por genocídios e requintes de crueldade utilizados nas execuções, Idi Amin assumiu o governo de Uganda quando era comandante-chefe das Forças Armadas, destituindo o antigo governo civil. Era defensor de Adolf Hitler e favorável à extinção do Estado de Israel. O seu governo terminou em 1979, quando as tropas da Tanzânia, que nunca reconheceram o seu governo, o destituíram sob o apoio dos ugandenses, Durante seu governo ele matou entre 100.000 e 500.000 na sua maioria cidadãos inocentes,foi forçado ao exílio na Líbia, em seguida, na Arábia Saudita, onde morreu de hipertensão e insuficiência renal em 2003.

6- Leopoldo II da Bélgica

Leopoldo II da Bélgica (1835-1909) sucedeu seu pai, Leopoldo I da Bélgica, o primeiro rei da Bélgica independente ao trono belga em 1865 e manteve-se rei até à sua morte.. Ele era o irmão de Charlotte, a imperatriz do México e primo da Rainha Vitória. Fora da Bélgica, ele é lembrado como o fundador e proprietário exclusivo do Estado Livre do Congo, um projeto privado, realizada pelo rei para extrair borracha e marfim, que contou com trabalhos forçados sendo responsável pela morte de cerca de 5-15 milhões na África.

5- Josef Stalin

Josef stalin(1878- 1953) Foi secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética e do Comité Central a partir de 1922 até a sua morte.Em 1928 iniciou um programa de industrialização intensiva e de coletivização da agricultura soviética, impondo uma grande reorganização social e provocando a fome-genocídio na Ucrânia em 1932-1933. Esta fome foi imposta ao povo ucraniano pelo regime soviético, tendo causado um mínimo de 4,5 milhões de mortes, além de 3 milhões de vítimas noutras regiões da U.R.S.S.

Antes, durante e depois da Segunda Guerra, Stalin conduziu uma série de deportações em grande escala que acabaram por alterar o mapa étnico da União Soviética. Estima-se que entre 1941 e 1949 cerca de 3,3 milhões de pessoas foram deportadas para a Sibéria ou para repúblicas asiáticas. Separatismo, resistência/oposição ao governo soviético e colaboração com a invasão alemã eram alguns dos motivos oficiais para as deportações.

Durante o governo de Stalin os seguintes grupos étnicos foram completamente ou parcialmente deportados: ucranianos, polacos, coreanos, alemães, tchecos, lituanos, arménios, búlgaros, gregos, finlandeses, judeus entre outros. Os deportados eram transportados em condições espantosas, frequentemente em caminhões de gado, milhares de deportados morriam no caminho. Aqueles que sobreviviam eram mandados a Campos de Trabalho Forçado. Stalin morreu em 1953 de uma hemorragia cerebral, e após sua morte, Nikita Khrushchev e outros líderes soviéticos acusaram de tirania, o terror, a falsificação da história e da auto-glorificação, em um período chamado de desestalinização, sendo

4- Ranavalona

Ranavalona(1782- 1861) Também conhecida como a rainha louca de Madagascar, Ranavalona tomou o poder em 1928 depois que seu marido faleceu,foi uma violenta perseguidora dos cristãos depois de expulsar os missionários estrangeiros, mas não conseguiu erradicar os cristianismo na ilha, todas as pessoas que tinham uma bíblia eram executadas com altos requintes de crueldade como por exemplo alguns eram amarrados e jogados como galinhas do alto de morros, colocava pele de animais mortos cheias de sangue a chamava cães de caça para comer e o método preferido dela era fazer um buraco colocava a pessoa e vagarosamente despejava água fervente para que morresse aos poucos, a infeliz morreu tranquilamente dormindo em 1861 depois de 33 anos de desgraça que trouxe as pessoas.

3- Vlad Drácula

Também conhecido como Vlad, o Empalador, o príncipe da Valáquia, nasceu em 1431 e historicamente Vlad é mais conhecido por sua política de independência em relação ao Império Otomano, cujo expansionismo sofreu sua resistência e pelas punições excessivamente cruéis que impunha a seus prisioneiros.

Seu método preferido de execução é o empala mento que é uma método de tortura e execução utilizada antigamente que consiste na inserção de uma estaca no ânus, vagina, ou umbigo até a morte do torturado. Algumas vezes deixava-se um carvão em brasa na ponta da estaca para que, quando esta atingisse a boca do supliciado, este não morresse até algumas horas depois, de hemorragia. Usava-se também cravar a estaca no abdômen. Segundo pesquisas, comprova-se que houve situações em que Tepes mandava empalar famílias inteiras, e usava seus principais métodos de tortura contra os soldados de tropas inimigas.

Outra situação conta que mensageiros de Mehmed II foram à corte de Tepes. O mesmo ordenou que eles tirassem seus turbantes. Contudo eles se recusaram em referência ao respeito de sua cultura. Com isso, Tepes ordenou que pregassem os turbantes nas cabeças dos mensageiros,em outra situação Tepes ordenou que fossem empalados 200 estudantes que foram à Valáquia apenas para aprimorar o idioma.

Drácula foi morto em batalha contra os turcos perto da pequena cidade de Bucareste em dezembro de 1476. Algumas fontes indicam que ele foi assassinado por burgueses valaquianos desleais quando ele estava prestes a varrer os Turcos do campo de batalha. Outra versão é a de que Drácula foi morto acidentalmente por um de seus próprios homens no momento da vitória.O corpo de Drácula foi decapitado pelos Turcos e sua cabeça enviada à Constantinopla, onde o Sultão a manteve em exposição em uma estaca como prova de que o empala dor estava morto.

2-Mao Tsé tung

Mao Tsé-Tung (1893- 1976)Vulgarmente designado como presidente Moa,começou a carreira como soldado durante a Revolução de 1911, em 1921 participou do Congresso Nacional do Partido Comunista da China e em 1923 ele foi eleito como um comissário do Comité Central. Em 1931 foi eleito como presidente da República Soviética da China e em 1934 levou o Exército Vermelho na longa marcha que o empurrou para a frente como o mais importante líder comunista. Após a Segunda Guerra Sino-Japonesa e uma guerra civil ele continuou sua liderança da nova República Popular da China. Em uma tentativa de reanimar a economia chinesa, Mao estabeleceu o Grande Salto Adiante, um programa que resultou na fome de milhares e que matou cerca de 70 milhões de pessoas. O fracasso do Grande Salto Adiante levou Mao a ser substituído como presidente do conselho do governo central em 1959 por Liu Shaogi, apesar de tudo na china ele é considerado como um ótimo estrategista e salvador da nação!!!!?!!?!?

1- Adolph Hitler

Nascido na Áustria em 1889 em seus primeiros anos ele trabalhou como pintor antes de se tornar um soldado da Baviera em 1914. Após a I Guerra Mundial, tornou-se um membro do Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães (Nazista) e em 1921 se tornou presidente. Com a hiperinflação, o caos político e a possibilidade de uma aquisição comunista que aconteceu pós guerra, Hitler ofereceu soluções e tomou o controle do governo da coligação em 1933 e mais tarde foi dado poderes ditatoriais.

Ele começou a Segunda Guerra Mundial quando alinhada com a URSS e invadiu a Polônia. Sua necessidade para o expansionismo da Alemanha levou a atacar a Áustria, Checoslováquia, França, Grã-Bretanha, Grécia, Iugoslávia, Dinamarca, Noruega, Luxemburgo, Holanda, Bélgica e, eventualmente, seu aliado, a Rússia. Impulsionada por suas visões anti-semitas, Hitler procurou criar uma raça ariana perfeita, eliminando os judeus. Tirou os judeus o direito de ser uma parte da sociedade e criou campos de concentração onde eram brutalmente utilizados como escravos e na seqüência mortos. O Holocausto é uma das piores atrocidades da história da humanidade e que matou mais de seis milhões de judeus , milhões ciganos, comunistas, líderes políticos e intelectuais. Enfrentando a derrota, Hitler e sua esposa Eva Braun cometeram suicídio em 30 de abril de 1945.

Fonte: Zé Variedades

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s