Arquivo da tag: estrela da manhã

As sete igrejas do Apocalipse (1.20-3.22)

sete-igrejas

"Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados" Ap 1:5


As igrejas de sete cidades foram as destinatárias de uma carta apocalíptica do SENHOR escrita por intermédio de João. Através de elogios, repreensões e advertências, o povo de Deus foi exortado a permanecer fiel nas adversidades.

Cristo demonstra cuidado pelas igrejas ao dirigir-se a cada uma de acordo com as suas necessidades, com encorajamento, repreensão, exortação e promessa. Ele mostra conhecimento detalhado das mesmas. Em todas as cartas há referências a circunstâncias ou a tradições da própria cidade. Ao mesmo tempo, todas as igrejas são incluídas num chamado universal à fidelidade e perseverança até que as promessas alcancem seu cumprimento na Jerusalém celestial.



As sete igrejas do Apocalipse (Ap 1.20-3.22)
Como Jesus se apresenta Elogio Crítica Instrução Promessa
Éfeso (2.1-7) Aquele que tem na sua mão as sete estrelas Rejeita o mal, persevera, é paciente O amor por Cristo não é mais fervoroso Faça as obras que fez no início A árvore da vida
Esmirna (2.8-11) O Primeiro e o Último, o que foi morto e reviveu Suporta o sofrimento graciosamente Nenhuma Seja fiel até a morte A coroa da vida
Pérgamo (2.12-17) Aquele que tem a espada afiada de dois gumes Mantém a fé em Cristo Tolera a imoralidade, a idolatria e heresias Arrependam-se O maná escondido e uma pedra com um novo nome
Tiatira (2.18-29) O Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés semelhantes ao bronze polido O amor, o serviço, a fé e a paciência são melhores do que eram no início Toleram o culto idólatra e a imoralidade O julgamento está vindo; sejam fiéis Governarão nações e receberão a estrela da manhã
Sárdis (3.1-6) Aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas Alguns têm sido fiéis Uma igreja morta Arrependam-se; fortaleçam o que ainda resta Os fiéis serão honrados e vestidos de branco
Filadélfia (3.7-13) O santo, o verdadeiro, aquele que tem a chave de Davi Persevera na fé, obedecem a Cristo, honram o seu nome Nenhuma Sejam fiéis Um lugar na presença de Deus, um novo nome e a Nova Jerusalém
Laodicéia (3.14-22) o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus Nenhum Indiferente Sejam zelosos e arrependam-se Compartilharão o trono de Cristo
Anúncios

A batalha espiritual

DE QUAL LADO VOCÊ ESTÁ?
DECIDA-SE

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about "A batalha espiritual", posted with vodpod

Galeria

Satanás [Jó 1.6]

“Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também satanás entre eles” Jó 1.6 Satanás é o chefe dos anjos decaídos e, como eles, vem à plena luz no Novo Testamento. Seu nome significa … Continuar lendo

Será que você conhece o meu Rei? Vamos ver… EU DUVIDO!!!

Esta é uma mensagem do já falecido pastor J.M.Lockridges. Na língua inglesa é possível juntar algumas palavras, formando então uma idéia fabulosa, que na nossa língua portuguesa não dá tão certo assim. É o caso deste sermão. Ouvindo-o em inglês é muito mais profundo do que quando traduzido para a nossa língua mãe. Por isto não irei traduzir, passarei a idéia do sermão, que é forte, arrebenta! No vídeo está somente partes do sermão, aqui embaixo está o sermão inteiro.

“A Bíblia diz que o meu Rei é

O Rei dos Judeus

O Rei de Israel

Que Ele é o Rei de toda a retidão

O Rei de todas as eras

O Rei dos céus

O Rei da glória

O Rei dos reis

E o SENHOR dos senhores

Este é o meu Rei

Davi diz que os céus mostram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos

Não há palavras ou meios para definir o seu ilimitado amor

Nenhum telescópio por mais poderoso que seja pode trazerà visibilidade o seu reino

Nenhuma barreira é capaz de deter as suas bênçãos

Ele é forte para todo o sempre

Ele é integralmente sincero

Ele é eternamente forte

Sua graça é eterna

Seu império é o mais poderoso

Sua misericórdia é imparcial

Este é o meu Rei

Ele é o Filho de Deus

Ele é o Salvador dos pecadores

Ele é a personagem central da História

Ele permanece por si só

Ele é augusto

Ele é único

Ele é incomparável

Não há um igual

Ele é supremo

Ele é o primeiro

Ele é a idéia mais elevada na literatura

Ele é a pessoa mais importante na filosofia

Ele é a questão suprema

Ele é a doutrina fundamental da verdadeira teologia

Ele é a necessidade básica da vida espiritual

Este é o meu Rei

Ele é o milagre de todos os tempos

Tudo nEle é superlativo

Ele é o único capaz de suprir todas as nossas necessidades simultaneamente

Ele é a força do fraco

Ele está disponível para aquele que é tentado e provocado

Ele ajuda e salva

Ele guarda e guia

Ele cura o doente

Ele limpa a lepra

Ele perdoa os pecadores

Ele elimina o peso dos devedores

Ele liberta os cativos

Ele defende os fracos

Ele abençoa os jovens

Ele serve os desafortunados

Ele considera os velhos

Ele recompensa os diligentes

Meu Rei é a chave de todo o conhecimento

Ele é a fonte de toda a sabedoria

Ele é a porta para a liberdade

Ele é o caminho da paz

Ele é a estrada da retidão

Ele é a via para a santidade

Ele é o portão da glória

Ele é o mestre de todo o poder

Ele é o capitão dos conquistadores

Ele é o cabeça dos heróis

Ele é o líder dos legisladores

Ele é o dirigente dos vencedores

Ele é o governador dos governadores

Ele é o principe dos principes

Ele é o Rei dos reis

E Ele é o Senhor dos senhores

Este é o meu Rei

Sua promessa é verdadeira

Sua vida se encaixa em tudo

Sua bondade não tem fim

Sua misericórdia dura para todo o sempre

Seu amor nunca muda

Sua palavra basta

Sua graça é suficiente

Seu reino é reto

E seu fardo é leve

Eu tentei descrevê-Lo

Mas Ele é indescritível

Ele é incompreensível

Ele é invencível

Ele é irresistível

Estou tentando dizer a você

Que até os céus dos céus não podem contê-Lo

Você não pode contê-Lo

Você não pode viver sem Ele

Os fariseus não puderam detê-Lo quando o descobriram

Pilatos não encontrou condenação algum nEle

As testemunhas não puderam entrar num acordo contra Ele

Herodes não pode matá-Lo

A morte não pode com Ele

E o túmulo não pode segurá-Lo

Este é o meu Rei

Ele sempre tem sido e Ele sempre será

Estou dizendo que não houve um anterior a Ele

E não haverá um sucessor

Você não pode detê-Lo e nem resistir a Ele

Este é o meu Rei”

BEHOLD, HE COMES!

Everything GOD created was perfect but manking attacked against HIS will <Toda a criação de Deus é perfeita… mas o homem rebelou-se>

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “BEHOLD, HE COMES!“, posted with vodpod

 

A ressurreição de Jesus [Lc 24.2]

"Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos" Pv 3:1

"Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos" Pv 3:1

A ressurreição de Jesus foi um ato divino que envolveu as três Pessoas da Divindade (Jo 10.17-18; At 13.30-35; Rm 1.4). Não foi mera restauração do corpo físico desfalecido, tirado da cruz e sepultado. Foi uma transformação da humanidade de Jesus, que o capacitou a aparecer e a desaparecer e mover-se de forma invisível de um lugar para outro (Lc 24.31,36). Foi a renovação criativa do seu corpo, que o tornou agora corpo totalmente glorificado e não mais sujeito à morte (Fp 3.21; Hb 7.16,24). O Filho de Deus, no céu, vive no corpo e através do corpo e assim será para sempre. Em 1Co 15.50-54, Paulo ensina que os cristãos que estiverem vivos na terra no momento em que Jesus voltar passarão por transformação semelhante. Os que morreram em Cristo antes da sua vinda serão transformados do mesmo modo e jamais voltarão a morrer.

O Cristianismo se apóia na certeza da ressurreição de Jesus como fato ocorrido na história. Os Evangelhos têm-na como seu ponto alto, com o túmulo vazio e os aparecimentos do ressurreto, e o Livro de Atos iniste nisso (At 1.3; 2.24-35; 3.15; 4.10; 5.30-32; 13.33;37). Paulo considera a ressurreição como prova indiscutível de que a imagem a respeito de Jesus, como Juiz e Salvadfor, é verdadeira (At 17.31; 1Co 15.1-11,20).

A ressurreição de Jesus demonstrou sua vitória sobre a morte (At 2.24, 1Co 15.54-57), vindicando-o como Justo (Jo 16.10) e revelando sua identidade divina (Rm 1.4). Ela o conduziu à ascenção e ao seu atual Reino celestial. Garante o atual perdão e justificação do crente (Rm 4.25, 1Co 15.17) e é a esperança de vida eterna para o crente em Cristo (Jo 11.25-26; Rm 6; ef 1.18-2.10, Cl 2.9-15; 3.1-4)

Exztraído de A Bíblia de Estudo de Genebra

O meu SENHOR é tremendo

Pois eu sou o SENHOR, teu Deus, que agito o mar, de modo que bramem as ondas – o SENHOR dos Exércitos é meu nome. Ponho as minhas palavas na tua boca e te protejo com a sombra da minha mão

Is 51:15-16

Thy word

Esta música é especial

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “Thy word“, posted with vodpod

 

A estrela cadente

“Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, levanta uma lamentação contra o rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Tu és o sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados. Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem. Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam. Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; vens a ser objeto de espanto e jamais subsistirás.” Ezequiel 28:11-19

"eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu" Ez 37:12

"eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu" Ez 37:12