Arquivo da tag: acusador

A batalha espiritual

DE QUAL LADO VOCÊ ESTÁ?
DECIDA-SE

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about "A batalha espiritual", posted with vodpod

Anúncios
Galeria

Satanás [Jó 1.6]

“Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também satanás entre eles” Jó 1.6 Satanás é o chefe dos anjos decaídos e, como eles, vem à plena luz no Novo Testamento. Seu nome significa … Continuar lendo

O TEMPO DO FIM

"Aquele que dá testemunho destas coisas diz: Certamente venho sem demora" Ap 22:20

Estudo sobre o Fim dos
Tempos

ÍNDICE

  • Citações da Bíblia da Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil
    (ACF), © 1994, 1995, 1996, 1997. Novo Testamento © 1979-1997.
  • Citações em parênteses e colchetes extraídas e devidamente
    traduzidas a partir da AMPLIFIED BIBLE, Copyright © 1954, 1958,
    1962, 1964, 1965, 1987 by The Lockman Foundation. All rights reserved.
    Used by permission (www.Lockman.org) – detalhes

  1. Linha do Tempo 
  2. Introdução ao Estudo do Fim
    dos Tempos
  3. Quando começa o Fim dos Tempos?
  4. Sinais do tempo do fim
    1. A formação do Estado
      de Israel em 1948 (Ezequiel 37)
    2. Aumento das viagens
      e progresso da ciência (Daniel 12:4)
    3. O sinal do engano
      (Mateus 24)
    4. Guerras e rumores de guerras,
      epidemias e terremotos (Mateus 24)
    5. A grande apostasia
      (1 Timoteo 4:1-4)
    6. O florescimento do
      deserto (Isaías 35, 41 e 43)
    7. Ataque da Rússia e seus
      aliados a Israel (Ezequiel 38 e 39)
    8. A reconstrução do templo judeu em Jerusalém (Mateus 24 e Daniel 11)
    9. A reconstrução da Babilônia (Apocalipse 14, 16 e 18)
    10. Tornados, furacões e alterações
      no clima da Terra (Lucas 21)
  5. A Cronologia do Fim dos Tempos
  6. O Arrebatamento
    1. O que é o Arrebatamento?
    2. Por que o Arrebatamento e
      o Aparecimento Glorioso de Cristo são 2 eventos distintos?
    3. Por que o Arrebatamento ocorre
      ANTES do período de Tribulação?
    4. As posições pré, meso e pós-Tribulacionista para o Arrebatamento
  7. O mapa do período de Tribulação
  8. O Período da Tribulação
    1. O que é a Tribulação?
    2. Por que 7 anos de Tribulação?
    3. A colheita de almas durante
      a Tribulação
    4. A Primeira Metade da Tribulação
      1. O papel da ONU no fim dos tempos
      2. O mundo divido em 10 regiões 
      3. O Julgamento dos Selos
      4. O Julgamento das Trombetas
    5. A Segunda Metade da Tribulação
      1. O centro da economia será a Babilônia
        – economia mundial em crise
      2. A Marca da Besta
      3. A proteção de Deus aos judeus remanescentes de Israel
      4. A Destruição da Babilônia
      5. O Julgamento das Taças
    6. As Bodas do Cordeiro
  9. O Aparecimento Glorioso de Cristo
    1. Os detalhes Aparecimento Glorioso de Jesus Cristo descritos
      na Bíblia
    2. O monte das Oliveiras – onde Jesus aparecerá primeiro
    3. Arrebatamento e Aparecimento Glorioso – dois eventos diferentes
    4. A Batalha de Armagedom
    5. As diferenças entre a Primeira e a Segunda Vinda de Cristo
  10. O Milênio
    1. A Última Revolta de Satanás
  11. O Julgamento do Grande Trono Branco
    1. A Abertura dos Livros e o Julgamento Final
  12. A Eternidade
  13. Personagens do Fim dos Tempos
    1. Satanás
    2. O anticristo
    3. O falso profeta
    4. As duas testemunhas
    5. As 144 mil testemunhas judaicas
  14. Livros recomendados para Estudo do Fim dos Tempos
  15.  

//

Galeria

Te resistirei, serpente sinuosa

Esta galeria contém 1 fotos.

Resistirei a ti, serpente sinuosa Ó tu que sibilas mentiras Tua língua bifurcada está cheia de ódio E tuas escamas produzem só o que é morte Resistirei todos os dias da minha vida Porque teu veneno foi anulado em mim … Continuar lendo

A queda [Gn 12.1-3]

"O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça e me faz andar altaneiramente" Hc 3:19

"O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça e me faz andar altaneiramente" Hc 3:19

Na Carta aos Romanos, Paulo afirma que toda a humanidade está por natureza sob a culpa e o poder do pecado, sob o reino da morte e sob a inescapável ira de Deus (Rm 1.18-19; 3.9,19; 5.17,21). Ele relaciona a origem desse estado ao pecado de um homem – Adão -, que ele descreve como nosso ancestral comum (At 17.26; Rm 5.12-14; cf. 1Co 15.22). Paulo, como apóstolo, deu sua interpretação autorizada à história registrada em Gn 3, onde encontramos a narrativa da queda, a desobediência humana original, que afastou o homem de Deus e da santidade, e lançou-o no pecado e na perdição. Os principais pontos dessa história, vista pelas lentes da interpretação de Paulo, são:

1. Deus fez do primeiro homem o representante de toda a sua posteridade, exatamente do mesmo modo como faria de Cristo o representante eleito de todos os eleitos de Deus (Rm 5.15-19; cf. 8.29-30; 9.22-26). Em ambos os casos, o representante envolveu aqueles a quem representou nos resultados de sua ação pessoal, quer para o bem (no caso de Cristo), quer para o mal (no caso de Adão). Esse arranjo divinamente estabelecido, pelo qual Adão determinou o destino de seus descendentes, tem sido chamado de a “aliança das obras”, ainda que essa frase não ocorra nas Escrituras.

2. Deus colocou Adão num estado de felicidade e prometeu a ele a sua posteridade confirmá-la nesse estado permanentemente se, nesse estado, Adão mostrasse fidelidade, obedecendo ao mandamento de Deus, não comendo da árvore descrita como a “árvore do conhecimento do bem e do mal” (Gn 2.17). Aparentemente, a questão era se Adão aceitaria Deus determinar o que era bom e mal ou se procuraria decidir isso por si mesmo, independentemente do que Deus lhe tinha dito.

3. Adão, levado por Eva – que por sua vez foi induzida pela serpente (satanás disfarçado, 2Co 11.3, 14; Ap 12.9) – afrontou a Deus comendo do fruto proibido. Como consequencia, primeiro de tudo, a disposição mental não se opõe a Deus e se engrnadece a si mesmo, expressa no pecado de Adão, tornou-se parte dele e da natureza moral que ele transmitiu aos seus descendentes (Gn 6.5; Rm 3.9-20). Em segundo lugar, Adão e Eva foram dominados por um senso de profanação e culpa, que os levou a ter vergonha e medo de Deus – com justificada razão. Em terceiro lugar, eles foram amaldiçoados com expectação de sofrimento e morte e foram expulsos do Éden. Ao mesmo tempo, contudo, Deus começou a mostrar-lhes graça salvadora. Fez para eles vestimenta para cobrir sua nudez e prometeu-lhes que, um dia, a Semente da mulher esmagaria a cabeça da serpente. Essa promessa prenunciou a Cristo.

Ainda que essa história, de certo modo, seja contada em estilo figurado, o Livro de Gênesis pede-nos que a leiamos como história. No Gênesis, Adão está ligado aos patriarcas e, através deles, por genealogia, ao resto da raça humana (caps 5; 10-11), fazendo dele uma parte da história, tanto quanto Abraão, Isaque e Jacó. Todas as principais personalidades do Livro de Gênesis, depois de Adão – exceto José – são mostradas claramente como pecadoras de um modo ou de outro, e a morte de José, como a morte de quase todos os outros na história, é cuidadosamente registrada (Gn 50.22-26). A afirmação de Paulo: “em Adão todos morrem” (1Co 15.22) só torna explícito aquilo que o Gênesis já deixa claramente implícito.

É razoável afirmar que a narrativa da queda sozinha dá uma explicação convincente para a perversão da natureza humana. Pascal disse que a doutrina do pecado original parece uma ofensa à razão, porém, uma vez aceita, dá sentido total à condição humana. Ele estava certo; e a mesma coisa poderia e deveria ser dita a respeito da própria narrativa da queda.

Extraído de Bíblia de Estudo de Genebra

Enquanto isso, no inferno…

"Eu os remirei do poder do inferno e os regatarei da morte; onde estão, ó morte, as tuas pragas? Onde está, ó inferno, a tua destruição?" Os 13:14

"Eu os remirei do poder do inferno e os regatarei da morte; onde estão, ó morte, as tuas pragas? Onde está, ó inferno, a tua destruição?" Os 13:14

 
O que se segue aqui abaixo é uma ilustração do que o teu sacrifício causa.
Tenha paciência, leia todo o texto e tire as suas conclusões.

**************************
 
No centro das cavernas do inferno. Subitamente uma criatura repulsiva interrompe a pavorosa vida de satã, com uma mensagem urgente.
Lê-se: “Código vermelho”, “Reunião necessária”, Previsões catastróficas”.
Com um profundo aborrecimento satã concorda em reunir-se com seu demônio-chefe.
Esta é a estória deste encontro:

-Você pode entrar!

 

– Oh, meu senhor satã…

 

– Seja curto e objetivo.

 

– Senhor, nós estamos com problemas de proporções catastróficas!

 

– Onde?

 

– No Brasil. E encontram-se espalhados em mais de 180 países no mundo. O estrago é imenso!

 

– Há algo errado com minhas clínicas de aborto?

 

– Não, senhor, está tudo bem. Nós matamos 4 mil fetos por dia através de, como dizer, remoção cirúrgica.

 

– Bom! – risos – Há algum problema com meu projecto favorito, violência na mídia?

 

– Senhor, está impregnado desde os vídeos até os desenhos! Auando as crianças terminam o colegial, elas já viram 70 mil assassinatos!

 

– Isto é eficiente?

 

– Senhor, é só ver os jornais!

 

– Existe algum problema com as minhas falsas religiões?

 

– Oh, não, senhor. Esta tarefa vai muito bem! Mais de 45 milhões de pessoas acreditam em astrologia!

 

– Parece que estamos melhorando o padrão!

 

– Sim, senhor, somente 50 milhões dizem ser nascidos de novo…

 

– Há algum problema no geral?

 

– Senhor, estamos em tremendo progresso! Adolescentes descontrolados? A cada ano, um milhão ou mais! Um adolescente comete suicídio a cada 90 minutos. Isto nos trará mais vidas este ano do que a guerra do Iraque.

 

– Bem, existe algum… – de repende ouve- se uma grande explosão

 

– O que é isso? – pergunta satnás

 

– Senhor, esta é a razão de todos demônios estarem de muletas e inquietos…

 

– O que está acontecendo?

 

– Senhor, isto é o que eu estava tentando dizer… Este é o nosso problema!

 

– Somente uma coisa causa hostilidade de tal tamanho…

 

– Então, senhor, você sabe o que nós estamos enfrentando?

 

– Sim, é algum daqueles santificados… Comprados pelo sangue do cordeiro, cheios do Espirito Santo…

 

– De fato… No momento… Eles estão em sacrifício e oração.

 

– Senhor, eles são uns verdadeiros terrores santos. Eles nos amarram, nos expulsam, eles citam as escrituras como o Filho de Deus. E se o senhor não intervir, nós todos, os demônios, podemos terminar numa manada de porcos! 

Senhor, essas são as boas notícias. As más notícias são o objetivo do sacrificio e das orações deles que ameaçam nossa sobrevivência.

 

– O tema que eles utilizam está causando estragos no império das trevas!

 

– As más notícias são… senhor, eles estão na fogueira santa.

 

Ouvem-se gritos. – Eu odeio sacrifício! – diz satanás – Então irei contra eles com perseguições, dificuldades financeiras…

 

– Senhor, nenhuma arma forjada contra eles prosperará. Isto está na Bíblia também…

 

– Sim, eu ouvi.

 

– Então vou desviar a atenção deles para perderem o seu alvo.

 

– Mas está escrito: “resisti ao diabo e ele fugirá de vós”…

 

– Obviamente, o inimigo está levando a batalha mais a sério do que nós.

 

– E isso é muito perigoso, senhor, principalmente para mim.

 

– É hora de lançar o meu ataque final, o mais cruel de todos! Vou trabalhar na mente deles, vou fazer eles pensarem que não é preciso sacrificar e assim eles ficarão acomodados com a vida que têm.

– Mas, senhor, você sabe o que acontecerá se você fizer isto…

– E o que acontecerá?

 

– Senhor, o sacrificio e as orações deles serão espadas contra todos nós, e lembrarão também do sacrificio de Jesus na cruz e dos heróis da fé …. e assim mais uma vez vencerão.

 

Ouve-se um grito desesperador 

– Nãooooooooooo!

A estrela cadente

“Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, levanta uma lamentação contra o rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Tu és o sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados. Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem. Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam. Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; vens a ser objeto de espanto e jamais subsistirás.” Ezequiel 28:11-19

"eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu" Ez 37:12

"eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu" Ez 37:12